6 de jan de 2009

A cabana

Alguns trechos do livro para reflexão sobre nossa relação com Deus: A graça não depende da existência do sofrimento, mas onde há sofrimento você encontrará a graça de inúmeras maneiras. Deus usa nossas escolhas para atingir seus objetivos. Não é da natureza do amor forçar um relacionamento, mas é da natureza do amor abrir caminho. Quanto mais viver na verdade mais as emoções irão ajudá-lo a ver com clareza. Mas, mesmo então, não confie mais nelas do que em Deus. Ninguém pode viver a retidão de Deus sozinho. Os relacionamentos são mais complicados do que as regras, mas as regras nunca vão lhe dar as respostas para as questões profundas do coração e nunca vão amar você. A religião tem a ver com respostas certas, mas Deus tem a ver com a resposta viva e só ela é capaz de mudá-lo por dentro. Um Deus infinito pode se dar inteiro a cada um de seus filhos. Ele não se distribui de modo que cada um tenha uma parte, mas a cada um ele se dá inteiro, tão integralmente como se não houvesse outros. A humilhação, a culpa e a condenação não produzem uma fagulha de plenitude ou de justiça. Perdoar é um poder para que a reconciliação possa crescer. Todas as vezes que você perdoa o universo muda. Deus usa cada escolha que fazemos para o bem final e para o resultado mais amoroso.
William P. Young

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...