5 de jan de 2009

Variação da glicemia está ligada à perda de memória

Segundo uma pesquisa do Centro Médico da Universidade Columbia, nos Estados Unidos, as variações do nível de açúcar no sangue afetam a memória porque agem sobre uma área do cérebro pertencente ao hipocampo - responsável por auxiliar a memória. O estudo, financiado em parte pelo Instituto Nacional do Envelhecimento, foi publicado na edição de dezembro da Annals of Neurology. Os pesquisadores afirmam que os efeitos podem ser constatados sempre que os níveis de açúcar no sangue são apenas moderadamente elevados. A conclusão pode ajudar a explicar o relação da idade com o declínio cognitivo, uma vez que o controle da glicemia piora com o envelhecimento. Foram utilizados exames de ressonância magnética para mapear o cérebro de 240 pacientes idosos."Se nós concluímos que isso está relacionado com o declínio cognitivo relacionado à idade, então isso pode afetar todos nós", disse o coordenador da pesquisa, Scott Small, professor de neurologia da Universidade Columbia. A capacidade de regulação da glicose começa a deteriorar por volta da terceira ou quarta década de vida. Uma vez que o controle da glicose melhora com a realização de atividades físicas, "nós temos uma recomendação comportamental: fazer exercícios", afirma o médico.
New York Times

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...