25 de mai de 2009

Me chama que eu vô

Um homem que vive na Alemanha foi processado por não conseguir engravidar a mulher do vizinho, depois de ser contratado por 2 mil euros (cerca de R$ 5,7 mil) para isso. Apesar de Frank Maus receber a quantia, descobriu-se depois de seis meses de tentativa que ele é estéril. Demetrius Soupolos e a mulher, Traute, queriam ter uma criança, mas descobriram que Soupolos não poderia ter filhos. Por isso, decidiram contratar Maus, na esperança que o homem casado e com dois filhos pudesse engravidar Traute. A informação foi divulgada pela publicação alemã “Bild”. Depois de seis meses e nenhuma gravidez – com uma média de tentativas de três vezes por semana --, Soupolos insistiu para que Maus passasse por exames médicos. Os testes mostraram que o vizinho também é estéril. Por isso, a mulher de Maus foi obrigada a admitir que as duas crianças não eram dele. De acordo com o “Bild”, a Justiça de Sttutgart, na Alemanha, ficará responsável pela decisão sobre o caso. Outras agências dizem que, no processo, Soupolos pede seus 2 mil euros de volta. O vizinho, no entanto, não quer devolver a quantia, porque não havia dado garantias de gravidez. Decida você o que é pior: 1) Ir a justiça cobrar um cara que pegou sua mulher por seis meses. 2) Contratar um cara para pegar sua mulher por seis meses. 3) Descobrir que você é estéril enquanto tenta engravidar a mulher do vizinho, recebendo pra isso. 4) Descobrir que os dois filhos que você tem não são seus. 5) "Cornear" o vizinho e descobrir que já foi corno, no mínimo duas vezes. 6) Todas as anteriores.

Um comentário:

seu gordo disse...

esse ta emrolado ate o pescoço

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...