3 de out de 2010

Campanha de peito aberto


Tiririca, Mulher Melão, Sérgio Mallandro (em 2008), Romário e outros candidatos curiosos, ao contrário do que muita gente pensa, não são uma exclusividade desses trópicos. 


Muito antes de esse pessoal pensar em disputar uma eleição, a atriz pornô Cicciolina já divertia o mundo ao se eleger para o Parlamento italiano, em 1987, após uma campanha de encher os olhos com muito corpo a corpo com o eleitorado. 


Cicciolina, uma húngara naturalizada italiana, fazia sucesso pelos enormes seios e pelos filmes pornôs quando decidiu enfiar a cara na política. Durante sua campanha, ela conquistava toda a atenção dos eleitores com uma estratégia bastante sólida: exibir os seios enquanto apresentava as propostas. 


 Eleita com 20 mil votos, a atriz não largou a sacanagem dos filmes. Dois anos após sua eleição, já gravava mais um pornô para o espanto de seus excelentíssimos colegas de trabalho. Enquanto esteve no Parlamento italiano, engajou-se contra a energia nuclear. "Vamos nos aquecer fazendo amor", dizia. Mas seu auge político e pessoal ocorreu momentos antes de estourar a Guerra do Golfo, em 1991. 


Lutando pela paz, Cicciolina ofereceu-se para transar com George Bush e Saddam Hussein em troca de uma conciliação entre ambos. "Um de cada vez", era a ressalva dela. Porém nenhum dos dois topou, a guerra começou e ainda teve um segundo turno com o Bush filho. Após o fim do mandato, a deputada não conseguiu a reeleição, mas manteve-se envolvida em polêmicas. 


Casada por um ano com o artista americano Jeff Koons, ela foi homenageada pelo então marido em uma série de esculturas e pinturas que mostram o casal em cenas de sexo explícito. 


No Brasil, fez uma ponta na novela Xica da Silva, em 1996. Agora, longe dos filmes pornôs, Cicciolina candidata-se esporadicamente em uma eleição ou outra, mas ainda não consegue os votos necessários para um novo mandato. 


Em 2006 deu um repeteco na sua solução para a paz mundial e se ofereceu para fazer o melhor sexo da vida de Osama Bin Laden se ele desistisse das bombas. Mas o líder terrorista não se mostrou muito animado com a proposta de uma senhora que na época já tinha seus 55 anos...
Fábio Calvetti

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...