11 de out de 2008

À Vida

À Vida Não roubarás minha cor Vermelha, de rio que estua. Sou recusa: és caçador. Persegues: eu sou a fuga. Não dou minha alma cativa! Colhido em pleno disparo, Curva o pescoço o cavalo Árabe - E abre a veia da vida.
Anna Akhmátova

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...