4 de mar de 2009

Pensamento positivo

“Mude seus pensamentos e você mudará seu mundo”. Essa é uma afirmação de Norman Vicent Peale, autor do livro “O Poder do Pensamento Positivo”, de 1952, um dos primeiros estudiosos do assunto. Será que é possível fazer o cérebro funcionar de acordo com os nossos pensamentos para obtermos os resultados que desejamos? Ricardo Prates, 30, professor de Yoga, acredita que o pensamento positivo “ajuda a trazer o foco de atenção para o lugar certo, pode não trazer a solução para o problema, mas busca o processo de transformação. Preocupar-se muito com o ego também não é das melhores práticas, pois é necessário pensar em um fluxo maior de conexão, não focar apenas em você”, comentou Prates. A linha que mais tem atraído adeptos sobre esse assunto é a que foi apresentada pela autora de “O Segredo”, Rhonda Byrne, na qual basta acreditar e pedir para ser atendido. Muitas pesquisas são feitas para confirmar se o nosso cérebro tem essa capacidade, mas os cientistas contestam os resultados. A revista científica BMC Cancer realiza constantemente estudos a esse respeito, e um dos mais recentes foi sobre as mulheres com maior incidência de câncer de mama. Os pesquisadores apontam resultados nos quais as mulheres que sofrem com problemas de mortes na família ou divórcios têm a maior probabilidade de contrair a doença do que as com certa estabilidade – vida saudável. Mas os cientistas dizem não haver evidências sobre o pensamento positivo nessa relação. Então, não se pode afirmar se ajuda ou não na cura. Mesmo para aqueles que acreditam nessa filosofia como um meio para mudar o destino das pessoas, é comum dizerem que não basta pensar, é preciso também agir. Andrea Furtado Martins, 38, é adepta do pensamento positivo e diz que “se você pára e começa a contabilizar as coisas que possui, nunca estará feliz, pois muitos que vivem ao seu redor têm mais dinheiro ou trabalham naquele emprego que você sempre sonhou. Assim, nunca agradeceremos nossas conquistas”, disse Andrea. Para o Ricardo, acreditar que o pensamento possui um ímã e atrai os benefícios é ser egocêntrico. “Acredito que o magnetismo do pensamento pode ser uma conexão, pois estamos unidos e entramos no fluxo. Você não puxa as conquistas, é muito mais do que isso, você faz parte de uma cadeia de pensamento”, falou. Depois que Andrea adotou o pensamento positivo para sua vida, diz não ter ficado mais doente. “Se você não relaxa e procura defeito em todas as coisas, muita energia é consumida. Na minha realidade, só entram pensamentos de coisas que me fazem bem, nem assistir dramas eu gosto, pois saio muito carregada do cinema. Gosto de amenidades, que me deixem mais leve. Na minha família sou conhecida como ‘arroz de festa’, pois não perco um compromisso e acredito ter herdado isso da minha avó, que perdeu dois filhos e nunca se deixou abater com a dor. Pensar negativo consome muita energia”, garantiu. A nossa vida também reflete esse pensamento? Ricardo acredita que se você quer saber como foram suas vidas passadas, basta olhar para o seu corpo e sua mente que você terá a resposta. Caso queira saber sobre o futuro, faça o mesmo. Então, “a nossa vida é um reflexo de como pensamos, agimos, comemos, dormimos etc”. Andrea dá uma dica para quando ficarmos doentes: “não diga a minha doença, porque ela vira sua de fato. Você está doente, logo vai sarar. Pensar positivo é uma doutrina, você tem que se adaptar a isso. O pensamento negativo precisa ser desconstruído por algo que você goste muito”. Nesse quesito, o professor pensa um pouco diferente, pois acredita que apenas imaginar coisas boas não basta. “Apenas acalma a mente, ajuda como um processo inicial, não na transformação do indivíduo, é muito pontual”. Ele vai além e diz que a prática do autoconhecimento é a melhor saída, pois “quando sabemos quem somos, o que queremos, quando os desejos do ego são atendidos, fica muito mais fácil se realizar e, assim, a força de vontade não se transforma em pessimismo. Com a auto-estima fortalecida, a busca interior fica mais fácil de ser compreendida, pois você acredita ser capaz, que nada vai te prejudicar e tudo será funcional”. “Sozinhos, os pensamentos não trazem as respostas para as nossas carências, mas acompanhados de ações, nossa vida ganha foco e o caminho pode ser trilhado com maior tranqüilidade”, finalizou Ricardo. Juliana Moraes

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...