21 de mai de 2009

Finitude do homem

Anunciada na positividade, a finitude do homem se perfila sob a forma paradoxal do indefinido; ela indica, mais do que o rigor do limite, a monotonia do caminhar que, sem dúvida, não tem limite mas que talvez não seja sem esperança.
Michel Foucault

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...