25 de ago de 2008

Nossos objetivos

Michael Faraday (1791-1867) foi um dos cientistas que mudaram o mundo. Ele inventou os três equipamentos que possibilitaram a era da eletricidade: o motor, o gerador e o transformador. Sendo filho de um pobre ferreiro de Londres, recebeu apenas a educação básica na escola dominical da igreja. Quando rapaz, foi aprendiz de encadernador. Para ele foi uma grande oportunidade. O jovem costumava ler os livros de ciência que encadernava e repetia algumas das experiências elétricas. Mas um dia algo realmente importante aconteceu na sua vida e Faraday não permitiu que essa chance escapasse. Um dos clientes da oficina lhe deu ingressos para palestras do cientista inglês Humphry Davy. Faraday tomou notas, encadernou-as como se fosse um livro e as mandou para Davy junto de um pedido de emprego. Como resultado, começou a trabalhar como assistente laboratorial na Instituição Real, em 1813. Apesar de sua fama e feitos, Faraday levou uma vida humilde. Nunca esqueceu da sua infância pobre, não patenteou suas invenções e dava palestras gratuitas sobre ciências para jovens. Ele publicou o primeiro livro de ciências especialmente escrito para crianças. Quando morreu, em 1867, poderia ter sido enterrado na abadia de Westminster, mas havia requisitado expressamente um enterro simples e uma lápide comum. Fé, superação, persistência, otimismo, ousadia, coragem, sucesso, fama, humildade, amor. O que realmente importava para esse homem? Gostaria que você refletisse sobre isso hoje. Motive-se!
Elisângela Machado de Freitas
Picture by Mary Calkins

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...