3 de jan de 2010

Motivação 100%

É possível treinar sua mente para ela ficar viciada em atividades físicas. Confira algumas dicas que você pode adotar para ficar muito mais animado – e sem desculpas para postergar a malhação TRACE OBJETIVOS Independentemente do que lhe faz encarar algumas horas de malhação, o importante é que você estipule para si mesmo metas fáceis de serem cumpridas. Pode ser uma quantidade de quilos a ser perdida, um tempo menor para correr os mesmos 5 quilômetros ou até espantar o estresse e o desânimo. “Crie recompensas para si mesmo”, aconselha o neurologista David Rock. “A melhor forma de motivar a mente é dando-lhe uma ótima recompensa no final”. DISTRAIA SUA MENTE Converse, ouça música e faça coisas que tirem o foco do seu cérebro nas atividades físicas. Como sua mente não vê benefícios concretos nos exercícios, o melhor é distrair-se fazendo coisas que dão prazer a ela. Baixe músicas ou ouça notícias e podcasts de temas e assuntos que lhe interessam enquanto se exercita. Bater um bom papo com um amigo também faz com que você nem perceba que está malhando – e faz as horas passarem muito mais rápido. TUDO PELO SOCIAL Junte-se a uma equipe, inscreva-se na ioga com um amigo ou contrate um personal trainer para acompanhar seus treinos frequentemente. Quando criamos relações sociais em torno dos exercícios, fica muito mais fácil nos animarmos a praticá-los. “As próprias conexões sociais são uma ótima recompensa para nosso cérebro”, garante Rock. “Saber que alguém conta com você para a atividade física é uma boa forma de se motivar e não desistir na hora de ir malhar.” SEJA ASSÍDUO É importante lembrar-se dos benefícios que a atividade física vai trazer para sua qualidade de vida a longo prazo. No começo, é preciso se esforçar para criar o hábito de malhar. “Não vale se exercitar em um dia e depois ficar dois sem fazer nada”, explica o fisiologista Miguel de Arruda. “O corpo precisa de um efeito adaptativo que só é conquistado com a prática.” Entre 30% e 40% das pessoas que começam a se exercitar largam a malhação nos primeiros meses. FAÇA ALGO PRAZEROSO Se você odeia pedalar, não adianta nada se obrigar a fazer isso. É preciso sentir-se bem com o exercício. “Se forçarmos alguém que não gosta a correr todos os dias, o resultado será uma resposta crônica ao estresse catastrófica para a saúde do corpo e da mente”, explica a neurocientista Suzana Herculano-Houzel. “Para aumentar suas chances de se exercitar de fato, procure atividades físicas que dão prazer: pode ser dança de salão, capoeira, ioga ou futebol.” Rafael Tonon

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...